Aplicativo permite denunciar crimes ambientais no litoral norte

Aplicativo é gratuito e está disponível para download. Maioria das ocorrências atendidas pelo instituto são de tartarugas marinhas.

14 MAI 2017   |   Por Jornalismo  |   23:13
Foto: Divulgação/Instituto Argonauta

Ussar a tecnologia a favor do meio ambiente é um desafio para especialistas do setor. Por isso, pesquisadores do Instituto Argounauta, em Ubatuba, criaram um aplicativo para moradores e turistas do Litoral Norte de São Paulo denunciarem crimes ambientais na região.

Segundo o presidente do Instituto Argonauta e diretor do Aquário de Ubatuba, Hugo Gallo, a função do aplicativo é contribuir com o monitoramento e o resgate de animais marinhos, além de ocorrências que agridam a fauna e a flora costeira e marinha. Desde 2000, foram 5,3 mil acionamentos feitos ao instituto.

"Pelo aplicativo, o usuário pode denunciar algum crime ambiental ou relatar algum caso de animal com problemas, seja com ferimentos ou encalhado em alguma praia. A ideia é ampliar nossa capacidade de trabalho", explicou Gallo.

O Instituto conta com uma equipe de 80 funcionários, que patrulham diariamente as praias da região em busca de ocorrências. Metade dos casos, no entanto, são detectados por moradores e turistas que entram em contato via telefone.

Cerca de 55% dos atendimentos são de ocorrências envolvendo tartarugas marinhas e 35% de aves. "A cada 100 ocorrências que atendemos nas praias e regiões costeiras do litoral norte, 50 são denunciadas via telefone e as outras 50 são detectadas pela nossa equipe. Ao percebermos isso, pensamos em criar o aplicativo, que pode agilizar e ampliar nosso atendimento", disse o especialista.

Baixar - O aplicativo está diponível para donwload pelos sistemas iOS e Android, como o nome 'Seja um Argonauta'. Os usuários podem baixar o aplicativo em qualquer lugar do mundo, mas a denúncias só podem ser de Caraguatatuba, São Sebastião, Ubatuba e Ilhabela. Os usuários podem enviar imagens e localização pelo sistema.

Assim que a equipe do Instituto Argonauta recebe a denúncia, funcionários vão até o local averiguar e se encarregam de encaminhar a ocorrência para os órgãos responsáveis.


(Fonte: G1/Vale do Paraíba)
















Classificados

Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.