Vendaval destelha casas, derruba árvores e causa estragos em Caraguá

Prefeitura contabilizava os prejuízos no domingo (14). Estação do Inmet em Bertioga apontou vento de 90 km/h a partir das 8h.

14 MAI 2017   |   Por Jornalismo  |   22:48
Foto: Isabela/Vanguarda Repórter

Um vendaval na manhã de domingo (14/05) causou estragos em Caraguatatuba (SP). Casas foram destelhadas, fachadas de comércios destruídas e árvores derrubadas. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a estação que mede a velocidade do vento em Bertioga (SP) - a mais próxima do litoral norte - registrou vento de até 90 km/h a partir das 8h. Ninguém ficou ferido. 

As imagens enviadas pelos moradores da cidade pelo aplicativo Vanguarda Repórter mostram a intensidade do vento, que durou cerca de 1 hora. Não choveu.

Há registro de estragos nos bairros Mococa, Martim de Sá, Jardim Jaqueira, Indaiá, Gaivotas, Estrela D´Alva, Sumaré e Massagaçu.

Casas ficaram sem energia elétrica e o sinal de telefonia móvel de pelo menos uma operadora foi interrompido. A escola Colônia dos Pescadores, no Indaiá, foi destelhada.

Não houve registro de ocorrências graves, segundo a prefeitura. Os prejuízos estavam sendo contabilizados na tarde deste domingo.

A rodovia Rio-Santos (SP) foi bloqueada na altura do Bairro Mocóca por causa de árvores que caíram e impediram o tráfego. Por volta de 12h30 o local estava liberado.

Morador do bairro Sumaré, Antônio Claudio Costa disse que portão dele caiu e cadeiras foram lançadas na piscina com a força do vento. Parte da casa foi destelhada.

O designer gráfico Rogério Alves mora no Gaiovotas e disse que acordou assustado com o barulho do vento. "O forro da casa balançava, parecia que ia cair, a caixa dágua do vizinho voou em direção à minha casa", disse.


(Fonte: G1/Vale do Paraíba)
















Classificados

Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.