Após bloquear a Dutra em protesto, 12 manifestantes serão multados

Eles deverão ser multados em R$ 10 mil por desobedecer uma liminar da Justiça que impedia o bloqueio da rodovia.

02 MAI 2017   |   Por Jornalismo  |   10:03
Foto: REUTERS/Roosevelt Cassio

A polícia identificou 12 pessoas que fecharam o tráfego na Dutra em São José dos Campos (SP) durante as manifestações da última sexta-feira (28) para protestar contra as reformas trabalhistas e da Previdência. Elas deverão ser multadas em R$ 10 mil cada por desobedecer uma liminar da Justiça que impedia o bloqueio da rodovia.

Dois dias antes da manifestação, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) obteve uma liminar na Justiça que proíbia os manifestantes de ocupar, interditar ou bloquear a rodovia. A proibição ainda estipulou o valor da multa por manifestante que descumprisse a ordem.

Mesmo com a decisão, a rodovia foi bloqueada em dois momentos durante o manifesto. A primeira foi às 7h10, na altura da Refinaria Henrique Laje, no Km 145, por cerca de uma hora. No início da tarde, um grupo invadiu a pista na altura do Km 149 por uma hora. Duas jovens foram atropeladas por um carro que tentava furar o bloqueio. O motorista continua preso desde o incidente por tentativa de homicídio.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os 12 manifestantes flagrados pelos policiais rodoviários e militares irão responder a processo na Justiça por descumprirem a decisão.

"Elas não pagam o valor imediatamente. Agora a Justiça vai abrir um processo para que elas possam se defender. Depois, a Justiça definirá se elas irão pagar o valor estipulado na liminar e de que forma", explicou o inspetor da PRF, Samuel Freire.


(Fonte: G1/Vale do Paraíba)
















Classificados

Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.