Quadrilha especializada em roubo de chácaras é presa em São José e Jambeiro

Investigação durou oito meses e teve início após uma delação premiada autorizada pela Justiça

19 ABR 2017   |   Por Jornalismo  |   13:37
Foto: Pedro Melo / TV Vanguarda
Quadrilha especializada em roubo de chácaras é presa em São José e Jambeiro
Com um dos integrantes, foram achados pés de maconha, objetos roubados e documentos

Dois homens foram presos e um adolescente foi detido na manhã desta quarta-feira (19) em São José dos Campos e Jambeiro. Todos são apontados pela polícia como integrantes de uma quadrilha que praticava roubos e furtos em chácaras e sítios da região. A investigação avançou depois de um dos integrantes ser preso e colaborar com a polícia por meio de delação premiada.

Os sete mandados de busca e apreensão foram cumpridos nesta quarta por policiais civis de Jambeiro em conjunto com a Delegacia de Investigações Gerais de São José dos Campos (DIG). Foram registrados oito assaltos desde o ano passado, a maioria na região de Jambeiro.

Cinco foram detidos em Jambeiro e outros dois em São José. Todos foram levados para prestarem depoimentos e permanecem presos à disposição da Justiça.

De acordo com a Polícia Civil, as prisões desta quarta só foram possíveis depois que um oitavo integrante da quadrilha foi preso em dezembro de 2016 em Jambeiro. Após isso, ele concordou em apontar quem eram os outros suspeitos. Esse acordo foi uma espécie de delação premiada firmado entre polícia, Ministério Público e a Justiça de Caçapava. Em troca, o delator ganhou a chance de responder pelos crimes em liberdade.

Os rapazes detidos em São José foram econtrados nos bairros Torrão de Ouro e Colinas de São José. Em uma das residências também foram achados objetos roubados das chácaras como aparelhos de televisão, celulares, documentos, carteiras e uma quantia em dinheiro. Além disso, também foram achados pés de maconha, uma luneta usada em uma arma de uso restrito da polícia e pássaros roubados.

Todos os homens responderão por associação criminosa qualificada, furto, roubo, tráfico de drogas e crime ambiental. O menor de idade será enviado para a Fundação Casa.

(Fonte: G1 / Vale do Paraíba)
















Classificados

Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.