Polícia investiga prejuízo de R$ 10 milhões a vendedores de gado em Cruzeiro

Cinco pessoas registraram boletins de ocorrência por estelionato na cidade. Eles relatam que venderam a prazo, mas cheques recebidos estavam sem fundo.

05 ABR 2017   |   Por Jornalismo  |   15:31

Polícia Civil investiga ao menos cinco casos de estelionato envolvendo a comercialização de gado e cavalos de raça, além de imóveis em Cruzeiro. O prejuízo para os comerciantes enganados pelo golpista seria de R$ 10 milhões.

Os casos foram registrados no final de março e são semelhantes. "As pessoas informam que venderam animais a prazo, o que é comum, e receberam o pagamento em cheques. Só que esses cheques começam a voltar", disse o delegado da Delegacia de Investigações Gerais, Sandro Henrique Ramos.

Como os cheques foram emitidos por uma pessoa de Cruzeiro, eles foram devolvidos na cidade. "Talvez por isso as pessoas tenham registrado aqui, mas as compras não foram feitas só em Cruzeiro, mas também em outras cidades, como no Rio de Janeiro, por exemplo. Pode ser que outras pessoas já tenham registrado ocorrências em outras cidades", continuou.

O suspeito de ter emitido os cheques mora na cidade há dois anos, segundo a polícia. Desde que mudou para o município, se envolveu com a comercialização de animais de raça, participando de eventos da área e se aproximando de produtores.

Ele ainda não foi ouvido e a polícia investiga se outras pessoas estão envolvidas com a suposta fraude, que teria trazido um prejuízo de R$ 10 milhões às vítimas.

(Fonte: G1/Vale do Paraíba)
















Classificados

Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.