Funcionários dos Correios de Pinda permanecem em greve

Os funcionários cruzaram os braços na última sexta-feira (24/02), reivindicando mudanças no novo sistema adotado na cidade e melhores condições de trabalho

02 MAR 2017   |   Por Jornalismo  |   11:21

Funcionários dos Correios de Pinda permanecem em greve
Foto: Divulgação

Os trabalhadores dos Correios do Centro de Distribuição Domiciliar de Pindamonhangaba estão em greve. Os funcionários cruzaram os braços na última sexta-feira (24/02) e permanecem em paralisação reivindicando mudanças no novo sistema adotado na cidade e melhores condições de trabalho.

Segundo o Sintect-VP, sindicato que representa a categoria na região, os trabalhadores estavam em estado de greve desde a semana anterior, quando votaram a rejeição do novo Sistema de Entrega Domiciliar Alternada, a falta de funcionários, suspensão do plano de saúde e entregas na parta da manhã, por conta do calor excessivo. 

O Sindicato protocolou um pedido de diálogo e soluções imediatas, caso contrário entrariam em greve no prazo de uma semana, vencido na última sexta (24). Pela falta de soluções aos problemas apresentado pela empresa, os trabalhadores estão em greve desde então.

Nesta quarta-feira (1º), houve uma assembleia na parte da manhã e o Sindicato enviou uma carta a empresa listando as reivindicações do trabalhadores. O documento diz que a resposta anterior da empresa não apresentava garantia da extinção do DDA (sistema aplicado na CCD de Pinda) na unidade. Além disso, também reivindicam um cronograma com datas de implantação do sistema antigo sem prejuízo aos trabalhadores, abono dos dias parados e não retaliação por parte da empresa para com os trabalhadores.

Uma nova assembleia será realizada às 16h desta quarta-feira. Caso não haja negociação, os funcionários continuam parados.

 
















Classificados

Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.