Fábrica de celulose de Aparecida anuncia demissão de 194 trabalhadores

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Papel e Celulose de Aparecida, que representa os trabalhadores, os funcionários irão trabalhar até a próxima sexta-feira (16)


Fábrica de celulose de Aparecida anuncia demissão de 194 trabalhadores
Foto: Divulgação

A fábrica Madepar, que produz papel e celulose, anunciou que vai encerrar as atividades na fábrica de Aparecida e demitir 194 funcionários.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Papel e Celulose de Aparecida, que representa os trabalhadores, os funcionários irão trabalhar até a próxima sexta-feira (16).

Ainda de acordo com a entidade, apesar da tentativa de negociação para manter o funcionamento da unidade no Vale do Paraíba, a diretoria da empresa não teria aceitado negociar. Por isso, foi realizada uma assembleia com os funcionários nesta segunda-feira (13) para orientá-los sobre os direitos trabalhistas.

"Eles alegam que o fechamento é por causa da crise. Eles dizem que não tem condições de manter a fábrica e por isso vão encerrar as atividades. Eles disseram que se as condições financeiras melhorarem, eles vão reabrir a fábrica", disse o presidente do Sindicato, Benedito Monteiro.

A homologação dos contratos dos trabalhadores será no dia 4 de janeiro. Os débitos com os trabalhadores, como dias trabalhados, férias e abono, serão pagos em até 12 vezes, segundo o sindicato.

O Vale do Paraíba acumula um saldo negativo, entre janeiro e outubro, de 12.214 empregos, ou seja, entre os empregos abertos e os fechados, o resultado final é de 12 mil postos de trabalho a menos na região.

Deste total, 3.465 vagas fechadas foram do setor industrial.

Em Aparecida, no mesmo período, o acumulado geral apresentava um saldo positivo de 170 empregos.
















Classificados

Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.