Comércio prevê crescimento nas compras do Dia das Mães em São José

Pesquisa aponta que 82,7% dos consumidores pretendem adquirir um presente

09 MAI 2018   |   Por Jornalismo  |   07:53
Foto: Arquivo
Comércio prevê crescimento nas compras do Dia das Mães em São José
Comércio de São José espera aumento das vendas para o Dia das Mães

O Dia das Mães será celebrada no próximo domingo (13) e uma pesquisa da Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos em parceria com a Universidade de Taubaté, por intermédio da Fapeti (Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Inovação), destaca que o interesse pelo presente a matriarca teve um aumento em relação ao ano anterior.

A segunda data comercial mais movimentada no calendário nacional, segundo os próprios comerciantes, se aproxima com uma expectativa de que 82,7% dos consumidores se interessem em presentear a chefe da família. Além disso, a pesquisa destaca que valor investido também está maior neste ano.

A pesquisa revela que o índice de consumidores que estimam gastar acima de R$ 200 cresceu de 13,2% para 25,1%. E que 34,9% dos consumidores devem ficar na faixa de R$ 100,1 a R$ 200.

“Os números mostram um aquecimento da economia e a retomada, mesmo que ainda lenta, do poder de compra do brasileiro. A soma de indicadores como este reforça a convicção de que a economia do país, em especial a economia da cidade, reverteu a curva descendente e consolidou uma retomada. Mais importante: o brasileiro voltou a acreditar em seu poder de compra”, disse o presidente da ACI de São José dos Campos, Humberto Dutra.

A análise ainda mostra que os consumidores de São José tem maior interesse na aquisição de roupas e acessórios neste Dia das Mães (50,2%), seguidas de perfumes e cosméticos (17,8%) e calçados (15,5%).

Outro fator identificado pelo levantamento da ACI/Unitau aponta que apesar da maioria dos consumidores ouvidos afirmarem que farão suas compras à vista (59,9%), usando dinheiro ou cartão de débito (59,5%), cresceu a opção pela compra a prazo e pelo uso de cartão de crédito. Isso mostra que o consumidor está conseguindo programar gastos, acreditando na manutenção de seu poder de compra ao longo do período.

A pesquisa foi realizada entre os dias 22 e 25 de abril e ouviu 381 pessoas em cinco pólos de comércio da cidade: praça Afonso Pena, Calçadão da Rua 7, Rua 15 de Novembro e os shoppings CenterVale e Vale Sul. A margem de erro do levantamento é de 5 pontos percentuais para mais ou para menos.

Fonte: Meon
















Classificados

Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.