Taubaté confirma morte de dois jovens por gripe; número de óbitos sobe para quatro

Com as confirmações, sobe para quatro os óbitos confirmados pela doença neste ano no município. Vítimas tinham 20 e 19 anos e morreram em março.

10 ABR 2018   |   Por Jornalismo  |   08:26
Foto: Arquivo Pessoal
Taubaté confirma morte de dois jovens por gripe; número de óbitos sobe para quatro
Jovem de 19 anos morre por suspeita de febre amarela, em Taubaté

A Vigiliância Epidemiológica de Taubaté confirmou na tarde desta segunda-feira (9) a morte de dois jovens por gripe em março. Com as confirmações, o número de óbitos causados pelo vírus Influenza neste ano no município subiram para quatro . Uma campanha de vacinação contra a doença começa no próximo dia 23. (leia mais abaixo)

De acordo com a prefeitura, as vítimas são um rapaz de 19 anos e uma jovem de 20 anos. Um dos óbitos foi o de David Coelho Silva, que era morador do Parque Três Marias, e esteve internado na UPA do San Marino.

As informações sobre a jovem, de 19 anos, não foram informadas pela Vigilância Epidemiológica.

Os dois primeiros casos confirmados de morte pela doença são de uma bebê de três meses, uma idosa de 70 anos, que morreram em fevereiro.

Casos

 

Dos seis casos de óbito que estavam sendo investigados, quatro foram confirmados e em um foi descartado. Existe um resultado que ainda é aguardado. Além dos óbitos, existem 12 pacientes internados com suspeita da doença.

Em todo ano passado a cidade contabilizou 13 mortes causadas por gripe. Oito delas foram provocadas pelo vírus H3N2 e cinco pelo Influenza B.

O vírus que causou a morte dos dois jovens, cuja confirmação ocorreu nesta segunda, não foi informado.

Campanha

 

A 20ª campanha nacional de vacinação contra a influenza está prevista para começar no próximo dia 23 de abril, sendo 12 de maio o dia de mobilização nacional.

As vacinas influenza trivalentes deverão conter, obrigatoriamente, três tipos de imunização: H1N1, H3N2 e Influenza B.

O Ministério da Saúde orienta a adoção de cuidados simples como formas de prevenção: lavar as mãos várias vezes ao dia, cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar com papel descartável, evitar tocar o rosto e não compartilhar objetos de uso pessoal, entre outros.

Os sintomas de influenza são: febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

Fonte: G1
















Classificados

Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.