Pinda continua com mobilização contra o Aedes aegypti

A fiscalização de criadouros nas casas da cidade está sendo intensificada e a operação Pega-Tudo passará nos bairros Santana, Crispim, Andrade e na área do Bosque da Princesa durante esta semana

23 NOV 2016   |   Por Jornalismo  |   10:35

Pinda continua com mobilização contra o Aedes aegypti
Imagem: Divulgação

Os eventos da Semana Estadual de Mobilização contra o Aedes aegypti continuam com diversas atividades em toda a cidade. Essa Semana de Mobilização tem o objetivo de envolver e incentivar a população na luta contra o mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus. A programação de eventos acontece até sábado (18).

Na terça-feira (22), a EM Prof° Manoel C. Ribeiro receberá o teatro sobre o Aedes aegypti para os alunos da tarde, e o CMEI Lessa terá uma palestra para os alunos em ambos os períodos. A EM Ayrton Senna da Silva terá uma palestra para pais e alunos, durante a tarde.

Na quarta-feira (23), a EM Prof° Orlando Pires terá um teatro para os alunos dos dois períodos. Haverá palestra na EM Vito Ardito durante todo o dia, e também na EM Maria Zara M. Reinold dos Santos, no período da tarde. As atividades em escolas acontecem até o dia 24, com o teatro no CMEI José Ildefonso Machado para alunos da manhã e da tarde, e palestras na EM Lauro Vicente de Azeredo e CMEI Maria Benedita Cabral.     

A fiscalização de criadouros nas casas da cidade está sendo intensificada e a operação Pega-Tudo passará nos bairros Santana, Crispim, Andrade e na área do Bosque da Princesa durante esta semana. Os prédios públicos receberão uma faxina intensificada, para a destruição de qualquer possível criadouro de mosquito. Também está acontecendo uma mesa coletora de denúncias na Praça São Benedito, juntamente com uma exposição sobre a dengue, até o dia 25 de novembro, das 9h às 16h30. Essa mesa também acontecerá no sábado (26), na Praça Monsenhor Marcondes, das 9h às 12h.

Essas atividades são realizadas pela Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância Sanitária e Epidemiológica, Secretaria de Educação e Departamento de Serviços Municipais. Denúncias de criadouros e locais que precisam de fiscalização podem ser feitas pelo e-mail: dengue@pindamonhangaba.sp.gov.br e pelos telefones da Ouvidoria: 3644-5651 e 3644-5652.

Fonte: Dp de Comunicação/ Pref de Pindamonhangaba
















Classificados

Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.