Taubaté estreia em mais um desafio no principal campeonato de acesso

Time recebe o Água Santa na rodada de abertura da Série A-2

17 JAN 2018   |   Por Jornalismo  |   09:38
Foto: Rogério Marques/ECTaubaté
Taubaté estreia em mais um desafio no principal campeonato de acesso
Jogadores do Taubaté durante treino no Joaquinzão

O Taubaté estreia nesta quarta-feira em mais uma edição do principal campeonato de acesso dos estaduais. A Série A-2 do Paulista, que novamente promoverá apenas o campeão e o vice, começa com um jogo dos mais interessantes no estádio Joaquim de Morais Filho, às 20h, contra o Água Santa de Diadema.

Campeão da Série A-3 de 2015, o Taubaté voltou à Série A-2 sonhando com a divisão de elite. Desde 1984 o time não disputa um Paulistão. No entanto, todos os outros 15 participantes começam o campeonato com a mesma ambição e até nem lembram que os dois últimos serão rebaixados à Série A-3.

Em 2016, o Taubaté conseguiu classificação entre os oito melhores. No mata-mata das quartas de final, cedeu um empate ao Barretos no ultimo lance do jogo em casa e depois, como visitante, perdeu e ainda foi prejudicado pela arbitragem. No ano passado, que qualificava somente os quatro melhores ás semifinais, o time terminou na 10ª posição e ainda teve que tomar alguns cuidados para evitar a ameaça de rebaixamento nas duas últimas rodadas.

Depois de transportar uma base de jogadores de um ano para outro e sem o acesso desejado, o Taubaté reformulou o elenco. Na formação titular trabalhada nos jogos-treinos da pré-temporada surgiu um time diferente, assim como o técnico Alberto Félix, outra novidade. O comando geral passou a ser do ex-atacante e ídolo Gilsinho Rezende, pela primeira vez presidente do clube.

Além de Gilsinho, o projeto para o campeonato também conta com a participação do ex-lateral esquerdo Rubens Júnior. Empresário e com negócios ele Taubaté, ele passou a ser o superintendente, atuando nas contratações de jogadores credenciados para uma campanha vitoriosa.

Com a redução no número de times participantes, de 20 para 16, também diminuiu o número de partidas da primeira fase, na qual todos se enfrentam em turno único. Neste ano serão 15 rodadas e não mais 19. Consequentemente, os tropeços poderão representar um prejuízo ainda maior, aumentando a responsabilidade dos que atuam em casa.

Participativa na quantidade e nos incentivos, a torcida novamente deverá prestigiar a versão 2018 do time. Os torcedores têm pacotes promocionais de ingressos e os seguintes preços nas bilheterias do Joaquinzão: arquibancada geral, R$ 30; arquibancada social, R$ 40 e cadeira coberta, R$ 90. Menores de idade, idosos, aposentados e estudantes têm direito à meia-entrada.

O time

O jogo-treino de sábado passado, contra o Manthiqueira de Guaratinguetá, mostrou a formação que o técnico Alberto Félix vinha armando: Fábio; Jean, Diogo Borges, Raniele e Paulo Vitor; Elivelton, Bruno Ré e Francisco Alex; Gustavinho, Wellington Melo e Flávio Carioca. No entanto, Francisco Alex e Gustavinho viraram dúvidas, porque estão com a documentação de transferência enroscada na federação de Alagoas.

O técnico fez alguns testes no treino desta terça-feira e Kleiton Domingues, Natan, Felipe Ferreira e Rodrigo Soares surgiram como opções de substitutos. No jogo-treino de sábado eles atuaram na segunda formação utilizada: Tiago; Paulo Henrique, João Vitor, Henrique e Rodrigo Soares; Marcel, Willian Favoni e Kleiton Domingues; Natan, Felipe Ferreira e Johnny.

(Fonte: Meon)
















Classificados

Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.