São José retoma fumacê contra pernilongos em toda cidade

Trabalho é realizado de segunda a sexta-feira, das 17h30 às 20h30.

27 09 2017   |   Por Jornalismo  |   11:11
Foto: Claudio Vieira / PMSJC
São José retoma fumacê contra pernilongos em toda cidade
Sistema combate o Aedes aegypti, reforçando os mutirões realizados pela Pefeitura

Com os dias mais quentes em razão da primavera, a Prefeitura de São José dos Campos retomou o serviço de aplicação de fumacê contra pernilongos em todas as regiões da cidade. O trabalho é realizado de segunda a sexta-feira, das 17h30 às 20h30.

Desde março, tem sido utilizado um novo tipo de nebulização, à base de água, que é menos poluente e não provoca fumaça, substituindo os inseticidas à base de óleo diesel. Desde a retomada do serviço, a nebulização já foi realizada em 40 bairros.

O novo sistema combate o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, febre chikungunya e do zika vírus, reforçando os mutirões realizados pela Secretaria de Saúde.

Programação

Nesta quarta-feira, 27, as equipes estarão no distrito de Eugênio de Melo e ao Galo Branco, Jardim das Flores, Jardim Itapuã, Residencial Righi e Residencial Ribeirinha, na região leste.

Amanhã (28), o trabalho de nebulização será realizado no Capuava e no Recanto dos Tamoios, também na zona leste, além de Colorado, Jardim Uirá, Residencial Flamboyant, Residencial São Francisco, Martins Cererê e Chácaras São José, na região sudeste.

Na sexta-feira (29), será a vez do Jardim Aquarius, Jardim Colinas, Royal Park, Bosque Imperial, Sunset Park e Jardim das Indústrias, na zona oeste. Em caso de chuva, o serviço não é realizado e as visitas são reprogramadas.

Os pedidos de fumacê podem ser feitos pela Central 156. No primeiro trimestre deste ano, foram atendidas 852 solicitações de munícipes. O serviço deixou de ser realizado a partir de abril, já que houve redução da incidência de pernilongos devido aos dias mais frios e secos do inverno.

“Os pernilongos voltaram agora com os dias mais quentes e é muito importante este trabalho da Prefeitura. E agora tem que ser contínuo”, disse a dona de casa Lourdes Maria de Souza, 69 anos, que mora no Jardim São Dimas, na região central.

Também morador do centro, o técnico de enfermagem Sinésio Cordeiro, 42 anos, elogiou o trabalho realizado pela Prefeitura. “É uma questão de saúde pública, porque também combate o mosquito transmissor da dengue”.

(Fonte: Meon)
















Classificados

Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.