Anvisa recebe denúncias de uso de furadeiras domésticas em cirurgias

01 08 2017   |   Por Jornalismo  |   09:42
Foto: Divulgação
Anvisa recebe denúncias de uso de furadeiras domésticas em cirurgias
Furadeira doméstica não pode ser usada em cirurgias, segundo a Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou nesta sexta-feira (28) que recebeu "algumas denúncias" do uso de furadeiras domésticas em centros cirúrgicos. O órgão não soube informar, no entanto, a região e o número de casos registrados.

De acordo com o texto divulgado pela agência, as furadeiras de uso doméstico não podem ser usadas em cirurgias porque não garantem a mesma segurança que as fabricadas especialmente para a medicina.

As furadeiras cirúrgicas são criadas com possibilidade de esterilização e possuem recomendações específicas para que o fabricante garanta isso. Outra diferença apontada pela Anvisa é que as furadeiras especiais para uso médico possuem mecanismos de segurança que não existem nas comuns -- prevenção contra choque elétrico, superaquecimento dos ossos e tecidos e controle de rotação.

Após o recebimento das denúncias, a Anvisa disse que acionou a Vigilância Sanitária dos locais para autuar hospitais que cometem o erro.

(Fonte: Bem Estar)
















Classificados

Newsletter

Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.